Pesquisa

Instituto CAIRBAR SCHUTEL

Instituto CAIRBAR SCHUTEL
Biografia

Translate

Centro Espírita

A idoneidade de um Centro Espírita está na gratuidade dos seus serviços.

Arquivo do blog

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

(Não é espiritismo) Superpoder: mulher tinha a visão 20 vezes melhor que uma pessoa normal e podia descrever uma pessoa a 1,6 km de distância | Diário de Biologia

Superpoder: mulher tinha a visão 20 vezes melhor que uma pessoa normal e podia descrever uma pessoa a 1,6 km de distância | Diário de Biologia

(Não é espiritismo) Conheça a 'menina com visão de raio-x' | Pagenotfound - O Globo

Conheça a 'menina com visão de raio-x' | Pagenotfound - O Globo

Estação de Destino.

"Toda criatura terrestre, embora não perceba, vive a despedir-se do mundo pouco a pouco, despachando, cada dia, com os próprios atos a bagagem que encontrará na estação de destino".

Chico Xavier

Meimei

G1 - STF derruba ação penal contra padre autor de livro crítico ao espiritismo - notícias em Política

G1 - STF derruba ação penal contra padre autor de livro crítico ao espiritismo - notícias em Política

Senhor Adrien, médium vidente | Revista Espírita – Jornal de Estudos Psicológicos

Senhor Adrien, médium vidente | Revista Espírita – Jornal de Estudos Psicológicos

Nosso Centro Espírita Virtual

Nosso Centro Espírita Virtual, você poderá frequenta-lo de qualquer ponto do planeta.
Nossas portas estarão sempre abertas à todos.
Faça contato através do nosso formulário.
Teremos toda semana "O Culto do Evangelho no Lar, sempre às Quinta-feira, às 20:00 horas, quando nos reunimos e esperamos contar com sua visita e poderá fazer suas observações e mesmo solicitar radiações para pessoas necessitadas que serão assistidas.
Começaremos em nosso lar, com oração inicial, assistiremos um vídeo com palestra sobre "O Evangelho Segundo o Espiritismo e no final, todos nós internautas faremos oração para pessoas necessitadas que nos solicitam ajuda. Se puder use nosso formulário e envie sua mensagem.
Desde já, muito obrigado a todos que desejarem participar.

Acesse o link: https://c-e-escoladaalma.blogspot.com.br/

Dor e fé no país

http://orsonpetercarrara.blogspot.com.br/2016/11/dor-e-fe-no-pais.html

TACARACI "O ESPÍRITA"

https://sites.google.com/view/tacaraci

Suicídio e suas consequências.

https://espiritismodaalma.wordpress.com/2015/05/17/suicidio-e-suas-consequencias-segundo-o-espiritismo/

Os Anjos da Guarda.

http://espiritananet.blogspot.com.br/2008/02/os-anjos-da-guarda-segundo-andr-luiz.html

DESASTRES AÉREOS - DIVALDO FRANCO RESPONDE SOBRE DESENCARNAÇÕES COLETIVAS

http://www.mensagemespirita.com.br/divaldo-franco/ad/desastres-aereos-divaldo-franco-responde-sobre-desencarnacoes-coletivas

O LIVRO DOS ESPÍRITOS

https://sites.google.com/view/unniver/o-livro-dos-esp%C3%ADritos

Áudio Livro - O Livro dos Espíritos

https://sites.google.com/site/religespkardec/o-livro-dos-espiritos---audio-book

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Meme

Meme é um termo criado em 1976 por Richard Dawkins no seu bestseller O Gene Egoísta e é para a memória o análogo do gene na genética, a sua unidade mínima. É considerado como uma unidade de informação que se multiplica de cérebro em cérebro ou entre locais onde a informação é armazenada (como livros). No que diz respeito à sua funcionalidade, o meme é considerado uma unidade de evolução cultural que pode de alguma forma autopropagar-se. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida como unidade autônoma. O estudo dos modelos evolutivos da transferência de informação é conhecido como memética.

Quando usado num contexto coloquial e não especializado, o termo meme pode significar apenas a transmissão de informação de uma mente para outra. Este uso aproxima o termo da analogia da "linguagem como vírus", afastando-o do propósito original de Dawkins, que procurava definir os memes como replicadores de comportamentos.

A chave de todo ser humano é seu pensamento. Resistente e desafiante aos olhares, tem oculto um estandarte que obedece, que é a ideia ante a qual todos seus fatos são interpretados. O ser humano pode somente ser reformado mostrando-lhe uma ideia nova que supere a antiga e traga comandos próprios.
—Ralph Waldo Emerson

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Meme

Inscrições abertas para o 9º Congresso Espírita do Rio Grande do Sul

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Rádio Espiritismo BH

Rádio Espiritismo BH

Site destinado para uso exclusivo de Deficientes V...

Seja bem vindo(a) à página Espiritismo Em Áudio! - Espiritismo Em Áudio

Haroldo Dutra Dias: Paulo e Estevão - As Cartas de Paulo

Use Piracicaba - DIVALDO FALA AO JORNAL OÁSIS, DE VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA

Use Piracicaba - DIVALDO FALA AO JORNAL OÁSIS, DE VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA

Portal SER - PortalSER

Portal SER - PortalSER

Blog de Espiritismo

Blog de Espiritismo

O Karma - OLIVIA ESPÍRITA

O Karma - OLIVIA ESPÍRITA

A Loucura Da Violencia - OLIVIA ESPÍRITA

A Loucura Da Violencia - OLIVIA ESPÍRITA

Federação Espírita do Estado do Tocantins - FEETINS - HOME

Federação Espírita do Estado do Tocantins



FEETINS - HOME

Federação Espírita do Estado de Sergipe (Fees) | Inclusão Social

Federação Espírita do Estado de Sergipe (Fees) | Inclusão Social

Federação Espírita do Estado de São Paulo

Portal FEESP – Federação Espírita do Estado de São Paulo | Saiba tudo que está acontecendo na FEESP

Federação Espírita Catarinense

Federação Espírita Catarinense

FERO - Federação Espírita de Rondônia

FERO - Federação Espírita de Rondônia

Federação Espírita do Rio Grande do Sul - fergs

Federação Espírita do Rio Grande do Sul 



fergs

FERN - Federação Espírita do Rio Grande do Norte

http://www.fern.org.br/



FERN - Federação Espírita do Rio Grande do Norte « Organização religiosa, educacional, cultural, beneficente e filantrópica, sem fins econômicos. É o órgão unificador do movimento espírita do RN. Fundada em 29/04/1926. Dedicada a servir e a difundir a Doutrina codificada por Allan Kardec no RN.

Federação Espírita Piauiense

Federação Espírita Piauiense

FEP - Federação Espírita Pernambucana | Deus - Cristo - Caridade

FEP - Federação Espírita Pernambucana | Deus - Cristo - Caridade

Federação Espírita do Paraná

Federação Espírita do Paraná

FEEMT - Federação Espírita do Mato Grosso

FEEMT - Federação Espírita do Mato Grosso

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO MARANHÃO

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO MARANHÃO

FEEGO | Federação Espírita do Estado de Goiás

FEEGO | Federação Espírita do Estado de Goiás

FEEES - FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

FEEES - FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

Federação Espírita do Ceará

Federação Espírita do Ceará



Início

FEA - Federação Espírita Amazonense.

FEA - Federação Espírita Amazonense.

Federação Espírita Brasileira » Conteúdo espírita em artigos, notícias, estudo, pesquisa, especialmente para você.

Federação Espírita Brasileira » Conteúdo espírita em artigos, notícias, estudo, pesquisa, especialmente para você.

Federações Espíritas do Brasil

http://espiritismovidaeluz.blogspot.com.br/p/federacoes-espiritas-do-brasil.html

Aliança Espírita Evangélica

http://alianca.org.br/

Ser Tão Espírita

https://sertaoespirita.net/

Conheça melhor a Kardecpedia, plataforma online sobre as obras de Kardec

http://www.kardecpedia.com/

domingo, 27 de novembro de 2016

Portal Espírita LEMA

http://www.lema.not.br/novo.php?

Músicas Deezer

http://www.deezer.com/playlist/757574683

Espiritismo Brasil (@espiritismobrasil) • Fotos e vídeos do Instagram

Espiritismo Brasil (@espiritismobrasil) • Fotos e vídeos do Instagram

Sites Espíritas

https://sites.google.com/view/unniver/sites-esp%C3%ADritas

O Verdadeiro Espírita.

allan kardec"Reconhece-se o verdadeiro espírita por sua transformação moral e pelos esforços que faz para dominar as más inclinações" - O evangelho segundo o espiritismo - Página 188, Allan Kardec

Espiritismo desmascara charlatães

A doutrina espírita defende o princípio cristão de que se deve dar de graça o que de graça se recebeu. No Espiritismo não há lugar para o comércio da mediunidade ou de qualquer forma de auxílio espiritual.
Os espíritas não cobram nem aceitam nenhum tipo de pagamentos, não colocam anúncios nem prometem a resolução dos problemas alheios. Qualquer pessoa que diga ser espírita, ou que diga pertencer a alguma instituição espírita, e peça algum tipo de remuneração está a fazer-se passar por aquilo que não é.

http://adeportugal.org/adep/index.php/espiritismo/conheca/287-espiritismo-desmascara-charlataes

“S o y . E s p í r i t a”

“S o y . E s p í r i t a”

VÍDEOS ESPÍRITAS

https://sites.google.com/view/unniver/v%C3%ADdeos-esp%C3%ADritas

DESDOBRAMENTO

https://sites.google.com/site/religespkardec/desdobramento

CENTRO ESPÍRITA IDÔNEO É A GRATUIDADE DOS SEUS SERVIÇOS

https://sites.google.com/site/religespkardec/centro-espirita-idoneo-e-a-gratuidade-dos-seus-servicos

Informativo da SEF e Remanso Fraterno InfoSEF Nº 53 - Edição de Outubro.

https://sites.google.com/site/religespkardec/remanso-fraterno

Psicografia e depoimento, Elisson Luis P. dos Anjos | Fernando Ben

https://youtu.be/NfXSZAy6q6s

br />

Algumas pessoas perguntam como pode ajudar este trabalho. Gostaríamos de esclarecer, que o grupo não recebe doações em dinheiro. Contudo, o médium Fernando Ben doa os direitos autorais dos seus livros psicografados para os trabalhos das Cartas de Fátima. Se quer ajudar, compre um livro psicografado pelo médium Fernando Ben. Assim, terá uma obra de qualidade em suas mãos e ajudará o trabalho assistencial também.
O site da editora que vende os livros é:
www.editorahibisco.com.br

Biblioteca Espírita

Livros Espíritas Grátis Para Baixar
http://www.institutochicoxavier.org.br/category/livros/

Biblioteca Espírita Digital
http://www.biblioteca.novaradiobomespirito.com/


Revista "O REFORMADOR"
http://www.sistemas.febnet.org.br/acervo/index.php/

Cultura Acadêmica
http://www.culturaacademica.com.br/catalogo-detalhe.asp?ctl_id=299

CEMN - Casa de Estudos Maria de Nazaré
http://www.cemnespirita.com.br/products/livros-espiritas-gratis/

Autores Espíritas Clássicos
http://www.autoresespiritasclassicos.com/
Portal do Espírito
http://www.espirito.org.br/portal/download/pdf/


Sites para baixar livros grátis
http://www.4shared.com/office/UX37jPtq/SITES_PARA_BAIXAR_LIVROS_GRTIS.htm



Biblioteca Virtual Espírita

http://bvespirita.com/Livros-Menu.html


Pesquisa - Palavra Chave: Allan Kardec

http://search.4shared.com/q/1/Allan%20Kardec?view=searchMainField

Portal Luz Espírita - Livros Espíritas

http://www.luzespirita.com/2011/03/livros-espiritas.html


Biblioteca Virtual Espírita

http://bvespirita.com/


Biblioteca virtual "O Consolador"

http://www.oconsolador.com.br/linkfixo/bibliotecavirtual/principal.html

A Luz do Espiritismo

http://espiritismoluz.blogspot.com/2009/09/link-biblioteca-virtual-espirita.html


Portal Luz Espírita

http://www.luzespirita.com/2011/03/livros-espiritas.html

Espiritismo Kardecista

http://www.nossosaopaulo.com.br/Espiritismo/Espirito_Frame.htm




Google Livros

https://books.google.com/books

https://play.google.com/store/books

KARDECPEDIA - ESTUDE KARDEC

https://kardecpedia.com/

MEDIUNIDADE

"Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium. Essa faculdade é inerente ao homem; não constitui, portanto, um privilégio exclusivo. (...) Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns. (Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, capítulo XIV).

Assim, conforme asseverou o Codificador, todos mantemos contato com o Mundo Espiritual, pois vivemos em incessante intercâmbio com o mesmo. Desta forma, ao fazermos uma oração recebemos o amparo da espiritualidade maior, do nosso protetor/mentor espiritual, entramos em contato com as usinas de força da Vida Maior. Por conseguinte, estamos exercendo a mediunidade, haja vista que recebemos a influência dos espíritos superiores. E, pela questão da sintonia vibratória, isso também vale para os espíritos menos elevados, pois quando alguém tem pensamentos inferiores, espíritos que se afinam com estes são atraídos. "O pensamento é o laço que nos une aos Espíritos, e pelo pensamento nós atraímos os que simpatizam com as nossas idéias e inclinações". Allan Kardec. Entretanto, usualmente só se chamam de médiuns “aqueles em quem a faculdade mediúnica se mostra bem caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que então depende de uma organização mais ou menos sensitiva”. 

(Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, capítulo IX)

Posto isso, os principais tipos de mediunidade são:

.de efeitos físicos: este tipo pode ser dividido em dois grupos, ou seja, os facultativos - que têm consciência dos fenômenos por eles produzidos - e os involuntários ou naturais, que são inconscientes de suas faculdades, mas são usados pelos espíritos para promoverem manifestações fenomênicas sem que o saibam.

.dos médiuns sensitivos ou impressionáveis: são pessoas suscetíveis de sentirem a presença dos espíritos por uma vaga impressão. Esta faculdade se desenvolve pelo hábito e pode adquirir tal sutileza, que aquele que a possui reconhece, pela impressão que experimenta, não só a natureza, boa ou má, do espírito que se aproxima, mas até a sua individualidade.

.médiuns audientes ou clariaudientes: neste caso os médiuns ouvem a voz dos espíritos. O fenômeno manifesta-se algumas vezes como uma voz interior, que se faz ouvir no foro íntimo. Outras vezes, dá-se como uma voz exterior, clara e distinta, semelhante a de uma pessoa viva. Os médiuns audientes podem, assim, estabelecer conversação com os espíritos.

.médiuns videntes ou clarividentes: são dotados da faculdade de ver os espíritos. Cabe salientar que o médium não vê com os olhos, mas é a alma quem vê e por isso é que eles tanto vêem com os olhos fechados, como com os olhos abertos.

.médiuns psicofônicos: neste tipo o médium serve como um instrumento pelo qual o espírito se comunica pela fala; assim, há a acoplação do perispírito do espírito comunicante no perispírito do médium, permitindo, assim, que o espírito utilize o aparelho fonador do médium para fazer uso da fala.

.médiuns de cura: Este gênero de mediunidade consiste, principalmente, no dom que possuem certas pessoas de curar pelo simples toque, pelo olhar, mesmo por um gesto, sem o concurso de qualquer medicação. Dir-se-á, sem dúvida, que isso mais não é do que magnetismo. Evidentemente, o fluido magnético desempenha aí importante papel. Porém, quem examina cuidadosamente o fenômeno sem dificuldade reconhece que há mais alguma coisa. A magnetização ordinária é um verdadeiro tratamento seguido, regular e metódico. No caso que apreciamos, as coisas se passam de modo inteiramente diverso. Todos os magnetizadores são mais ou menos aptos a curar, desde que saibam conduzir-se convenientemente, ao passo que nos médiuns curadores a faculdade é espontânea e alguns até a possuem sem jamais terem ouvido falar de magnetismo. A intervenção de uma potência oculta, que é o que constitui a mediunidade, se faz manifesta, em certas circunstâncias, sobretudo se considerarmos que a maioria das pessoas que podem, com razão, ser qualificadas de médiuns curadores recorre à prece, que é uma verdadeira evocação.

.médiuns mecânicos: Quem examinar certos efeitos que se produzem nos movimentos da mesa, da cesta, ou da prancheta que escreve não poderá duvidar de uma ação diretamente exercida pelo Espírito sobre esses objetos. A cesta se agita por vezes com tanta violência, que escapa das mãos do médium e não raro se dirige a certas pessoas da assistência para nelas bater. Outras vezes, seus movimentos dão mostra de um sentimento afetuoso. O mesmo ocorre quando o lápis está colocado na mão do médium; freqüentemente é atirado longe com força, ou, então, a mão, bem como a cesta, se agitam convulsivamente e batem na mesa de modo colérico, ainda quando o médium está possuído da maior calma e se admira de não ser senhor de si Digamos, de passagem, que tais efeitos demonstram sempre a presença de Espíritos imperfeitos; os Espíritos superiores são constantemente calmos, dignos e benévolos; se não são escutados convenientemente, retiram-se e outros lhes tomam o lugar. Pode, pois, o Espírito exprimir diretamente suas idéias, quer movimentando um objeto a que a mão do médium serve de simples ponto de apoio, quer acionando a própria mão.

Quando atua diretamente sobre a mão, o Espírito lhe dá uma impulsão de todo independente da vontade deste último. Ela se move sem interrupção e sem embargo do médium, enquanto o Espírito tem alguma coisa que dizer, e pára, assim ele acaba.

Nesta circunstância, o que caracteriza o fenômeno é que o médium não tem a menor consciência do que escreve. Quando se dá, no caso, a inconsciência absoluta; têm-se os médiuns chamados passivos ou mecânicos. E preciosa esta faculdade, por não permitir dúvida alguma sobre a independência do pensamento daquele que escreve.

.médiuns intuitivos: 180. A transmissão do pensamento também se dá por meio do Espírito do médium, ou, melhor, de sua alma, pois que por este nome designamos o Espírito encarnado. O Espírito livre, neste caso, não atua sobre a mão, para fazê-la escrever; não a toma, não a guia. Atua sobre a alma, com a qual se identifica. A alma, sob esse impulso, dirige a mão e esta dirige o lápis. Notemos aqui uma coisa importante: é que o Espírito livre não se substitui à alma, visto que não a pode deslocar. Domina-a, mau grado seu, e lhe imprime a sua vontade. Em tal circunstância, o papel da alma não é o de inteira passividade; ela recebe o pensamento do Espírito livre e o transmite. Nessa situação, o médium tem consciência do que escreve, embora não exprima o seu próprio pensamento. E o que se chama médium intuitivo.

Mas, sendo assim, dir-se-á, nada prova seja um Espírito estranho quem escreve e não o do médium. Efetivamente, a distinção é às vezes difícil de fazer-se, porém, pode acontecer que isso pouca importância apresente. Todavia, é possível reconhecer-se o pensamento sugerido, por não ser nunca preconcebido; nasce à medida que a escrita vai sendo traçada e, amiúde, é contrário à idéia que antecipadamente se formara. Pode mesmo estar fora dos limites dos conhecimentos e capacidades do médium.

O papel do médium mecânico é o de uma máquina; o médium intuitivo age como o faria um intérprete. Este, de fato, para transmitir o pensamento, precisa compreendê-lo, apropriar-se dele, de certo modo, para traduzi-lo fielmente e, no entanto, esse pensamento não é seu, apenas lhe atravessa o cérebro. Tal precisamente o papel do médium intuitivo.

.médiuns semimecânicos: 181. No médium puramente mecânico, o movimento da mão independe da vontade; no médium intuitivo, o movimento é voluntário e facultativo. O médium semimecânico participa de ambos esses gêneros. Sente que à sua mão uma impulsão é dada, mau grado seu, mas, ao mesmo tempo, tem consciência do que escreve, à medida que as palavras se formam. No primeiro o pensamento vem depois do ato da escrita; no segundo, precede-o; no terceiro, acompanha-o. Estes últimos médiuns são os mais numerosos

.médiuns inspirados: 182. Todo aquele que, tanto no estado normal, como no de êxtase, recebe, pelo pensamento, comunicações estranhas às suas idéias preconcebidas, pode ser incluído na categoria dos médiuns inspirados. Estes, como se vê, formam uma variedade da mediunidade intuitiva, com a diferença de que a intervenção de uma força oculta é aí muito menos sensível, por isso que, ao inspirado, ainda é mais difícil distinguir o pensamento próprio do que lhe é sugerido. A espontaneidade é o que, sobretudo, caracteriza o pensamento deste último gênero. A inspiração nos vem dos Espíritos que nos influenciam para o bem, ou para o mal, porém, procede, principalmente, dos que querem o nosso bem e cujos conselhos muito amiúde cometemos o erro de não seguir. Ela se aplica, em todas as circunstâncias da vida, às resoluções que devamos tomar. Sob esse aspecto, pode dizer-se que todos são médiuns, porquanto não há quem não tenha seus Espíritos protetores e familiares, a se esforçarem por sugerir aos protegidos salutares idéias. Se todos estivessem bem compenetrados desta verdade, ninguém deixaria de recorrer com freqüência à inspiração do seu anjo de guarda, nos momentos em que se não sabe o que dizer, ou fazer. Que cada um, pois, o invoque com fervor e confiança, em caso de necessidade, e muito freqüentemente se admirará das idéias que lhe surgem como por encanto, quer se trate de uma resolução a tomar, quer de alguma coisa a compor. Se nenhuma idéia surge, é que é preciso esperar. A prova de que a idéia que sobrevém é estranha à pessoa de quem se trate esta em que, se tal idéia lhe existira na mente, essa pessoa seria senhora de, a qualquer momento, utilizá-la e não haveria razão para que ela se não manifestasse à vontade. Quem não é cego nada mais precisa fazer do que abrir os olhos, para ver quando quiser. Do mesmo modo, aquele que possui idéias próprias tem-nas sempre à disposição. Se elas não lhes vêm quando quer, é que está obrigado a buscá-las algures, que não no seu intimo.

Também se podem incluir nesta categoria as pessoas que, sem serem dotadas de inteligência fora do comum e sem saírem do estado normal, têm relâmpagos de uma lucidez intelectual que lhes dá momentaneamente desabitual facilidade de concepção e de elocução e, em certos casos, o pressentimento de coisas futuras. Nesses momentos, que com acerto se chamam de inspiração, as idéias abundam, sob um impulso involuntário e quase febril. Parece que uma inteligência superior nos vem ajudar e que o nosso espírito se desembaraçou de um fardo.

183. Os homens de gênio, de todas as espécies, artistas, sábios, literatos, são sem dúvida Espíritos adiantados, capazes de compreender por si mesmos e de conceber grandes coisas. Ora, precisamente porque os julgam capazes, é que os Espíritos, quando querem executar certos trabalhos, lhes sugerem as idéias necessárias e assim é que eles, as mais das vezes, são médiuns sem o saberem. Têm, no entanto, vaga intuição de uma assistência estranha, visto que todo aquele que apela para a inspiração, mais não faz do que uma evocação. Se não esperasse ser atendido, por que exclamaria, tão freqüentemente: meu bom gênio, vem em meu auxílio?

As respostas seguintes confirmam esta asserção:

a) Qual a causa primária da inspiração?
"O Espírito que se comunica pelo pensamento."

b) A revelação das grandes coisas não é que constitui o objeto único da inspiração?
"Não, a inspiração se verifica, muitas vezes, com relação às mais comuns circunstâncias da vida. Por exemplo, queres ir a alguma parte: uma voz secreta te diz que não o faças, porque correrás perigo; ou, então, te diz que faças uma coisa em que não pensavas. É a inspiração. Poucas pessoas há que não tenham sido mais ou menos inspiradas em certos momentos."

c) Um autor, um pintor, por exemplo, poderiam, nos momentos de inspiração, ser considerados médiuns?"Sim, porquanto, nesses momentos, a alma se lhes torna mais livre e como que desprendida da matéria; recobra uma parte das suas faculdades de Espírito e recebe mais facilmente as comunicações dos outros Espíritos que a inspiram."

.médiuns de pressentimentos:
 O pressentimento é uma intuição vaga das coisas futuras. Algumas pessoas têm essa faculdade mais ou menos desenvolvida. Pode ser devida a uma espécie de dupla vista, que lhes permite entrever as conseqüências das coisas atuais e a filiação dos acontecimentos. Mas, muitas vezes, também é resultado de comunicações ocultas e, sobretudo neste caso, é que se pode dar aos que dela são dotados o nome de médiuns de pressentimentos, que constituem uma variedade dos médiuns inspirados.

"Mediunidade espírita, porém, é a que faculta o intercâmbio consciente, responsável, entre o mundo físico e o espiritual, facultando a sublimação das provas pela superação da dor e pela renúncia às paixões, ao mesmo tempo abrindo à criatura os horizontes luminosos para a libertação total, mediante o serviço aos companheiros do caminho humano, gerando amor com os instrumentos da caridade redentora de que ninguém pode prescindir". Joanna de Ângelis (espírito), livro Oferenda - pág. 130/131 -, psicografado por Divaldo Franco

.médiuns psicógrafos: Transmitem as comunicações dos espíritos através da escrita. São subdivididos em mecânicos, semimecânicos e intuitivos. Os mecânicos não têm consciência do que escrevem e a influência do pensamento do médium na comunicação é quase nenhuma. Como há um grande domínio da entidade sobre a faculdade mediúnica a idéia do espírito comunicante se expressa com maior clareza. Há casos em que o médium psicografa mensagens complexas conversando com outras pessoas, totalmente distraído do que escreve. Já nos semimecânicos, a influência da entidade comunicante sobre as faculdades mediúnicas não é tão intensa, pois a comunicação sofre uma influência do pensamento do médium. Isso ocorre com a maioria dos médiuns psicógrafos. Com relação os intuitivos, estes recebem a idéia do espírito comunicante e a interpretam, desenvolvendo-a com os recursos de suas próprias possibilidades morais e intelectuais.

“Mediunidade espírita, porém, é a que faculta o intercâmbio consciente, responsável, entre o mundo físico e o espiritual, facultando a sublimação das provas pela superação da dor e pela renúncia às paixões, ao mesmo tempo abrindo à criatura os horizontes luminosos para a libertação total, mediante o serviço aos companheiros do caminho humano, gerando amor com os instrumentos da caridade redentora de que ninguém pode prescindir”. Joanna de Ângelis (espírito), livro Oferenda – pág. 130/131 -, psicografado por Divaldo Franco


Fonte: http://www.oespiritismo.com.br/mediunidade.php

Breado.Rio: Áudio Livros de Allan Kardec

Breado.Rio: Áudio Livros de Allan Kardec

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

A surpreendente morte


Ela sempre chega em momento inoportuno. Não a convidamos mas ela comparece, quando e onde bem entende.
Ela estabelece o seu calendário de visitas, totalmente aleatório aos nossos olhos mortais. Mas preciso, totalmente concorde com a Lei Divina, em cada detalhe.
Somente os que não estejam em equilíbrio mental é que a evocam, desejando-lhe a presença.
Todos os demais preferimos deixar para mais tarde, mais tarde...
É a morte, essa não desejada presença.
Ela dilacera corações plenos de esperança e nos leva a perguntar: Por quê? Por que agora? Por que com minha família?
Assim foi com a família Camargos. Na cidade de Natal, no Nordeste brasileiro, no dia doze de janeiro, a pequena Giovanna fazia seis anos.
Festa de aniversário. Tudo pronto para a comemoração. Pouco antes das oito horas da noite, a família só aguardava o telefonema do pai da menina, para a comemoração.
Ele integrava a missão de paz do exército brasileiro no Haiti. E ele adorava seu trabalho. O único senão eram as saudades da família: a mulher e dois filhos.
Seu retorno ao Brasil estava marcado para o dia vinte e oito. E ele dizia para a esposa que ela acabaria ficando enjoada dele, porque passariam o tempo todo juntos.
Veio o telefonema, ele falou com Giovanna. E a esposa pediu que ele ficasse um pouco mais na linha para cantar o Parabéns pra você.
Mas, de repente, a conexão do skype caiu. Ela tentou ligar de volta. Sem êxito. A festa continuou.
No dia seguinte, o cunhado ligou para saber notícias de Raniel.
Está bem, informou Heloísa. Conversamos ontem à noite.
Ela não sabia do terremoto e, ao tomar conhecimento, se deu conta que fora a hora em que conversara com seu marido.
Na mesma tarde, um telefonema do batalhão onde Raniel servia, confirmou para a família que ele fora uma das vítimas do terremoto no Haiti.
Embora a tristeza, Heloísa diria mais tarde:
O que me consola é que Raniel morreu fazendo o que sempre quis: ajudar os necessitados e servir ao seu país.
Ele morreu como um herói.
As palavras da esposa traduzem o sentimento sublimado do amor. Ela sabia que o marido amava o seu trabalho, no exército brasileiro.
A saudade é grande. Os filhos perguntam pelo pai e terão que se habituar à sua ausência física.
Mas, eles terão a presença do ser amado em suas vidas nas doces lembranças, no telefonema de aniversário, nos sonhos...
Para essa família, como para todos os que cremos na Imortalidade, existe a certeza de que o subtenente Raniel somente abandonou o casulo de carne.
Ele prossegue vivendo e amando, na Espiritualidade.
Que esse exemplo de serenidade nos possa servir.
Preparemo-nos. Quando a morte chegar, de inopino, rompendo nossos mais acalentados planos, pensemos: Foi só um adiamento de tudo que planejamos. Logo mais tornaremos a estar juntos.
http://www.momento.com.br/
Redação do Momento Espírita, com base no artigo
 
Heróis no Haiti (O soldado), da Revista Seleções
 Reader’s Digest, de abril de 2010.

Em 25.11.2016.

(Não é espiritismo) Qual é a sua realidade? trabalhando no centro raiz (muladhara)

(Não é espiritismo) A ciência do terceiro olho

(Não é espiritismo) Menina demonstra o poder do terceiro olho

(Não é espiritismo) Crianças mostram o poder do terceiro olho

O Trabalho

Após a tensão experimentada no trânsito sufocante, chegas invariavelmente ao local de trabalho, com mau humor, cansaço ou indisposição.
Relacionas então as necessidades que deves suprir, e sofres sob a conjuntura que se te impõe, no trabalho diário.
Vês outros indivíduos que parecem prósperos e felizes, usufruindo benefícios da vida, que nunca te chegaram, e a amargura começa a aninhar-se no teu sentimento doído.

*

Evita cair no desalento, face à insinuação falsa.
O trabalho é dom da vida, que dignifica e mantém o homem.
Em toda parte o trabalho se impõe como lei mantenedora do equilíbrio.
Sem ele tudo retornaria ao caos do princípio, e os objetivos superiores naufragariam no tédio e na ociosidade doentios.
Busca, portanto, motivação para fazeres bem o teu trabalho, renovando- te nele e nele colocando os teus melhores empenhos, de modo a te enriqueceres de justa gratificação emocional em relação ao teu maravilhoso meio de ganhar com nobreza o pão diário.

FRANCO, Divaldo Pereira. Episódios Diários. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL. Capítulo 5.

* * * Estude Kardec * * *

O desafio do idoso em usar fralda geriátrica | Casa e Repouso

O desafio do idoso em usar fralda geriátrica | Casa e Repouso

A POLÍCIA E O ESPIRITISMO

Repensar - O Espiritismo e a Polícia - Bloco C (23/07/2013)

Repensar - O Espiritismo e a Polícia - Bloco B (23/07/2013)

Repensar - O Espiritismo e a Polícia - Bloco A (23/07/2013)

Luzes da Espiritualidade: COMO É VISTA A CONDIÇÃO DO POLICIAL PELO ESPIRITIS...

Luzes da Espiritualidade: COMO É VISTA A CONDIÇÃO DO POLICIAL PELO ESPIRITIS...: Nós cremos que o espiritismo não trata especificamente deste ou daquele ofício para apresentar a condição, mas trata das decisões pess...

POLÍCIA ESPÍRITA

POLÍCIA ESPÍRITA

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Divaldo Franco - Médico Materialista Relata A Colônia Espiritual e o Umb...

ARTIGOS ESPÍRITAS - JORGE HESSEN: Na ética cristã ou no “jeitinho brasileiro" - onde...

ARTIGOS ESPÍRITAS - JORGE HESSEN: Na ética cristã ou no “jeitinho brasileiro" - onde...: Jorge Hessen jorgehessen@gmail.com Brasília – DF Um estudo inédito realizado pela consultoria BrandAnalytics, empresa ligada à ...

Revista Espírita de 1863

"Nós trabalhamos para dar a fé aos que em nada crêem; para espalhar uma crença que os torna melhores uns para outros, que lhes ensina a perdoar aos inimigos, a se olharem como irmãos, sem distinção de raça, casta, seita, cor, opinião política ou religiosa; numa palavra, uma crença que faz nascer o verdadeiro sentimento de caridade, de fraternidade e deveres sociais."

Allan Kardec, Revista Espírita de 1863



http://fabcesar.tumblr.com/post/153440371222

Espiritismo Século XXI: Iniciação ao estudo da doutrina espírita

Espiritismo Século XXI: Iniciação ao estudo da doutrina espírita: Allan Kardec, sua vida, sua obra e seu método Este é o terceiro texto de uma série que esperamos possa servir aos neófitos como i...

Há muitas moradas na casa de meu pai



Não se turbe o vosso coração. — Credes em Deus, crede também em mim. Há muitas moradas na casa de meu Pai; se assim não fosse, já eu vo-lo teria dito, pois me vou para vos preparar o lugar. — Depois que me tenha ido e que vos houver preparado o lugar, voltarei e vos retirarei para mim, a fim de que onde eu estiver, também vós aí estejais. (S. JOÃO, cap. XIV, vv. 1 a 3.)
A casa do Pai é o Universo. As diferentes moradas são os mundos que circulam no espaço infinito e oferecem, aos Espíritos que neles encarnam, moradas correspondentes ao adiantamento dos mesmos Espíritos.
Independente da diversidade dos mundos, essas palavras de Jesus também podem referir-se ao estado venturoso ou desgraçado do Espírito na erraticidade. Conforme se ache este mais ou menos depurado e desprendido dos laços materiais, variarão ao infinito o meio em que ele se encontre, o aspecto das coisas, as sensações que experimente, as percepções que tenha. Enquanto uns não se podem afastar da esfera onde viveram, outros se elevam e percorrem o espaço e os mundos; enquanto alguns Espíritos culpados erram nas trevas, os bem-aventurados gozam de resplendente claridade e do espetáculo sublime do Infinito; finalmente, enquanto o mau, atormentado de remorsos e pesares, muitas vezes insulado, sem consolação, separado dos que constituíam objeto de suas afeições, pena sob o guante dos sofrimentos morais, o justo, em convívio com aqueles a quem ama, frui as delícias de uma felicidade indizível. Também nisso, portanto, há muitas moradas, embora não circunscritas, nem localizadas.



(Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. III, itens 1 e 2.)

Ama sempre.

"Ama sempre, mas não te permitas relacionamentos conflitosos, sob a justificativa de que tens a missão de salvar o outro, porque ninguém é capaz de tornar feliz aquele que a si mesmo se recusa a alegria de ser pleno."

Joanna de Ângelis

Julgamento.

"É sempre fácil examinar as consciências alheias, identificar os erros do próximo, opinar em questões que não nos dizem respeito, indicar as fraquezas dos semelhantes, educar os filhos dos vizinhos, reprovar as deficiências dos companheiros, corrigir os defeitos dos outros, aconselhar o caminho reto a quem passa, receitar paciência a quem sofre e retificar as más qualidades de que segue conosco... Mas enquanto nos distraímos, em tais incursões a distância de nós mesmos, não passamos de aprendizes que fogem, levianos, à verdade e à lição."

Chico Xavier

ENDEREÇOS DA CRUZ – MENSAGENS ESPÍRITAS

ENDEREÇOS DA CRUZ – MENSAGENS ESPÍRITAS

Dever e Trabalho

Universalidade Espírita: Dever e Trabalho: O compromisso de trabalho inclui o dever de associar-se a criatura ao esforço de equipe na obra a realizar. * Obediência digna tem o ...

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Doações de Natal.

Pais sábios ensinam seus filhos a ajudar os idosos, os doentes e as crianças desamparadas, isso deve ser feito o ano todo.  Dessa forma, os filhos aprendem a ser bondosos e generosos o ano inteiro.
 Porque esperar só Natal para fazer uma doação?

“Quem é bondoso será abençoado porque reparte a sua comida com os pobres.” — PROVÉRBIOS 22:9

Os pobres e necessitados não sofrem só na época de Natal.
Porque esperar o ano todo para praticar um ato de bondade.
Será que não poderia reservar algum dinheiro para doar regularmente a alguma pessoa ou organização.

( “Não vos esqueçais de fazer o bem e de partilhar as coisas com outros, porque Deus se agrada bem de tais sacrifícios.” (Hebreus 13:16) )

Mas o Natal é uma excelente oportunidade que temos para sair  do estado de dormência da consciência  e imobilidade espiritual em que transitamos e despertemos nossos potenciais internos. Quando despertamos nossa consciência, transformamos  o mundo em nós, e poderemos transformar o mundo la fora através do  exemplo, sentindo a alegria de ajudar.

Nicette Bruno para Casas André Luiz

Coletânea Espírita - PodCast e mensagens espíritas para ouvirColetânea Espírita | PodCast e mensagens espíritas para ouvir

Coletânea Espírita - PodCast e mensagens espíritas para ouvirColetânea Espírita | PodCast e mensagens espíritas para ouvir



http://www.coletaneaespirita.com.br/

Clube do Livro Cairbar Schutel (Um bom presente neste Natal)

Internet of Things
Área de anexos

3.3 - Psicanálise e Espiritismo - Marlon Reikdal - Estudos Aprofundados ...



https://goo.gl/eRzjGAhttp://www.institutoandreluiz.org/espiritismo.html

domingo, 20 de novembro de 2016

A fé humana e a divina

No homem, a fé é o sentimento inato de seus destinos futuros; é a consciência que ele tem das faculdades imensas depositadas em gérmen no seu íntimo, a princípio em estado latente, e que lhe cumpre fazer que desabrochem e cresçam pela ação da sua vontade.
Até ao presente, a fé não foi compreendida senão pelo lado religioso, porque o Cristo a exalçou como poderosa alavanca e porque o têm considerado apenas como chefe de uma religião. Entretanto, o Cristo, que operou milagres materiais, mostrou, por esses milagres mesmos, o que pode o homem, quando tem fé, isto é, a vontade de querer e a certeza de que essa vontade pode obter satisfação. Também os apóstolos não operaram milagres, seguindo-lhe o exemplo? Ora, que eram esses milagres, senão efeitos naturais, cujas causas os homens de então desconheciam, mas que, hoje, em grande parte se explicam e que pelo estudo do Espiritismo e do Magnetismo se tornarão completamente compreensíveis?
A fé é humana ou divina, conforme o homem aplica suas faculdades à satisfação das necessidades terrenas, ou das suas aspirações celestiais e futuras. O homem de gênio, que se lança à realização de algum grande empreendimento, triunfa, se tem fé, porque sente em si que pode e há de chegar ao fim colimado, certeza que lhe faculta imensa força. O homem de bem que, crente em seu futuro celeste, deseja encher de belas e nobres ações a sua existência, haure na sua fé, na certeza da felicidade que o espera, a força necessária, e ainda aí se operam milagres de caridade, de devotamento e de abnegação. Enfim, com a fé, não há maus pendures que se não chegue a vencer.
O Magnetismo é uma das maiores provas do poder da fé posta em ação. É pela fé que ele cura e produz esses fenômenos singulares, qualificados outrora de milagres.
Repito: a fé é humana e divina. Se todos os encarnados se achassem bem persuadidos da força que em si trazem, e se quisessem pôr a vontade a serviço dessa força, seriam capazes de realizar o a que, até hoje, eles chamaram prodígios e que, no entanto, não passa de um desenvolvimento das faculdades humanas. Um Espírito Protetor. (Paris, 1863.)

(Fonte: O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XIX, item 12.)


O CONSOLADOR - Ano 10 - N° 492 - 20 de Novembro de 2016

O CONSOLADOR

ADDE

ADDE



http://www.adde.com.br/

Culto da Oração


Quando a aflição te visite o trabalho, desferindo golpes no teu coração ou conduzindo-te às sugestões do mal, recorda-te da oração singela à disposição de todos.
Semelhante a ungüento, não somente cicatriza o peito em chaga aberta, como vitaliza os melhores sonhos perturbados pela nuvem sombria do desespero, devolvendo a esperança e a paz.
Anjo benfazejo, a oração apaga as labaredas do crime, em começo, improvisando recursos de salvação, para que a serenidade retorne, santificante, à direção da consciência.
Não apenas garante a felicidade e a harmonia do lar, como também embeleza todas as realizações começantes, oferecendo estilo novo e coragem, para o êxito total da experiência em que se te aprimoras no estágio do mundo.
Não somente consola e sara mas, também, ilumina o pensamento turbilhonado, restituindo a calma e o tirocínio para desmanchares os cipós enrodilhados nos teus pés, a te reterem na província da angústia incessante.
Celeiro de bênçãos inesgotáveis, ela é a segurança da família, alimento dos filhos e fortaleza dos pais.
Mensageira do Pai Celestial, é a intérprete das tuas aspirações e intercessora dos teus anseios junto aos bem-aventurados.
Vertendo-a do coração, em colóquio confiante, asserenam-se as paixões, purificam-se os sentimentos, estabelecem-se diretrizes, moderam-se as necessidades, robustece-se a fé, eleva-se o padrão de serviço; ela harmoniza, em redor de nossa aprendizagem, os patrimônios da honra, do respeito e da saúde espiritual, favorecendo a extensão das menores tarefas, no campo do auxílio aos sofredores.
Esposando-a, dilatam-se os minutos que se enriquecem e experiências sublimes, fazendo a vida mais nobre e digna.
Na Terra, o cristão é qual oásis fértil na aridez dos sentimentos.
Solicitado por todos e por todos fiscalizado de perto, é como árvore produtora que todos buscam esfaimados, guardando o direito de a apedrejarem e a ferirem.
Recebe, assim, em silêncio, a perseguição gratuita e o punhal invisível da maldade e planta-os na terra abençoada da oração humilde e nobre onde se consomem todos os adversários da luz, vencidos pela misericórdia do Céu.
E, quanto possível, cultiva a prece em tua alma, com devotamento e confiança e, trabalhando sem desfalecimento, faze dela o teu abençoado guia todos os dias e todas as horas, assegurando, imperturbável, a vitória do bem no roteiro da tua vida.
FRANCO, Divaldo Pereira. A Prece Segundo os Espíritos. Pelo Espírito Joanna de Ângelis. LEAL.
* * * Estude Kardec * * *

http://www.reflexoesespiritas.org

ARTIGOS ESPÍRITAS - JORGE HESSEN: Eras esperançosas! Brasil -corrupções ancestrais e as novas gerações (Jorge Hessen)

ARTIGOS ESPÍRITAS - JORGE HESSEN: Eras esperançosas! Brasil -corrupções ancestrais e as novas gerações (Jorge Hessen)

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

SELFIE (Humor e Espiritismo)

Oportunidade para transformação é tema do “Comunhão Inspira”

Edição 214 - 18 de novembro de 2016 - Brasília/DF
Caro(a) amigo(a), sinta-se à vontade para compartilhar nossas mensagens, reenviando-as. O bem compartilhado representa o bem multiplicado.
Recebeu nosso boletim por reenvio? gostou? então...

Espiritismo em Ação: Natal com Jesus: tempo de renovação

O Natal de Jesus

A Sabedoria da Vida situou o Natal de Jesus frente do Ano Novo, na memória da Humanidade, como que renovando as oportunidades do amor fraterno, diante dos nossos compromissos com o Tempo.

Projetam-se anualmente, sobre a Terra os mesmos raios excelsos da Estrela de Belém, clareando a estrada dos corações na esteira dos dias incessantes, convocando-nos a alma, em silêncio, à ascensão de todos os recursos para o bem supremo.

A recordação do Mestre desperta novas vibrações no sentimento da Cristandade.

Não mais o estábulo simples, nosso pr6prio espírito, em cujo íntimo o Senhor deseja fazer mais luz...

Santas alegrias nos procuram a alma, em todos os campos do idealismo evangélico 

Natural o tom festivo das nossas manifestações de confiança renovada, entretanto, não podemos olvidar o trabalho renovador a que o Natal nos convida, cada ano, não obstante o pessimismo cristalizado de muitos companheiros, que desistiram temporariamente da comunhão fraternal.

E o ensejo de novas relações, acordando raciocínios enregelados com as notas harmoniosas do amor que o Mestre nos legou.

E a oportunidade de curar as nossas próprias fraquezas retificando atitudes menos felizes, ou de esquecer as faltas alheias para conosco, restabelecendo os elos da harmonia quebrada entre nós e os demais, em obediência à lição da desculpa espontânea, quantas vezes se fizerem necessárias.

È o passo definitivo para a descoberta de novas sementeiras de serviço edificante, atrav6s da visita aos irmãos mais sofredores do que n6s mesmos e da aproximação com aqueles que se mostram inclinados à cooperação no progresso, a fim de praticarmos, mais intensivamente, o princípio do “amemo-nos uns aos outros”.

Conforme a nossa atitude espiritual ante o Natal, assim aparece o Ano Novo à nossa vida.

O aniversário de Jesus precede o natalício do Tempo.

Com o Mestre, recebemos o Dia do Amor e da Concórdia.

Com o tempo, encontramos o Dia da Fraternidade Universal.

O primeiro renova a alegria.

O segundo reforma a responsabilidade.

Comecemos oferecendo a Ele cinco minutos de pensamento e atividade e, a breve espaço, nosso espírito se achará convertido em altar vivo de sua infinita boa vontade para com as criaturas, nas bases da Sabedoria e do Amor.

Não nos esqueçamos.

Se Jesus não nascer e crescer, na manjedoura de nossa alma, em vão os Anos Novos se abrirão iluminados para nós.



Autor: Emmanuel
Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Fonte de Paz

 

Divaldo Pereira Franco

Envie e-mails: ffdsbgde@gmail.com 

01-Divaldo Franco - A SOLIDÃO - Os Quatro Gigantes Da Alma!
https://youtu.be/X6bK1AArp6Q


02-Divaldo Franco - 4° Congresso Espírita Mundial - Mensagem de Bezerra de Menezes
https://youtu.be/cIaoOfvzhGE

03Divaldo Franco - Jesus, o Pacificador - 16/10/2000 - 10/1995
https://youtu.be/5WKmOzVzCuw

04Divaldo Franco falando com familiares de desencarnados - TV Gazeta
https://youtu.be/dzRCDMW9yhA

05-Divaldo Franco - Conversão Íntima
https://youtu.be/HFp1t2uQ3IU

06-Divaldo Franco - A humanidade do 3° Milênio - Espiritismo; uma proposta para uma sociedade feliz
https://youtu.be/bGpLe3OGS7Q

07-Divaldo Franco - Do Inconsciente ao Consciente
https://youtu.be/HsVCF60TVnM

08-Pasmem os senhores - Irmão X - Divaldo Franco
https://youtu.be/CGsxMlA5j9s

09-Divaldo Pereira Franco : A Lei Moral , Evolução e Transição.
https://youtu.be/F2nzV0PLv5Y

10-Divaldo Pereira Franco : vivência do dia a dia
https://youtu.be/xBE4Qefzxs4

11-Divaldo Pereira Franco : Conversas espirituais
https://youtu.be/rBxOMmRYe3M

12-Palestra Divaldo Franco Centro Espírita Perseverança Dona Guiomar - SP
https://youtu.be/JP1NJOwMyYs

13-Palestra - Agressividade - Divaldo Franco
https://youtu.be/sNP-BWr-Arg

14-Divaldo Franco - Cura - Te Pela Mente, Consciência, Saúde Mental 
https://youtu.be/ucuK5In8fVM


15-Divaldo Franco - Você É Aquilo Que Acredita Que Pode Ser Pt.1
https://youtu.be/96Vfb5WE1YU

16-Divaldo Franco - Motivação Para Sermos Felizes, Égo, Negação, Compaixão Pt.4
https://youtu.be/IbsR1ReLfYA

17-Divaldo Franco - Somos Aquilo Que Pensamos, Finalidade Da Vida Pt.2
https://youtu.be/bUQ2DORyO14

18-Divaldo Franco - Vivemos Na Perdição Do Consumismo Do Ter e Se Perdeu O Sentido Da Vida!
https://youtu.be/1KN4fncvv7I

19-Divaldo Pereira Franco : Primeira Palestra 2017
https://youtu.be/QqpnUi44cO8


20-Relação Ao Futuro Crise Do Brasil 2017, Como Devemos Enfrentar? Divaldo Franco -
https://youtu.be/rUYSWzmdj68

21-Como Se Libertar De Espíritos Inferiores Divaldo Franco
https://youtu.be/0Ahay48c_uA

22-Os espíritos que voltarão a reencarnar na Terra (Divaldo Franco)
https://youtu.be/PVXWp_hlbeM

23-As vidas de Joanna de Angelis por Divaldo Franco - documentário en HD (subtitulos en español)
https://youtu.be/GfPeqAimn8A

24-Divaldo Franco - Reencarnação Nascimento De Crianças Da Nova Era Finalidade?
https://youtu.be/kZ7_oLnz_MM

25-Divaldo Franco - Como Se Libertar Do Câncer, Pensamento, Depressão, Suicídio, Doença,Tristeza!
https://youtu.be/rhffiBB8ops

26-Divaldo Franco - Doenças Incuráveis Começa Na Alma e Deve Ser Tratada Na Alma!
https://youtu.be/Vh_NZPfZKRQ

27-Divaldo Franco - Médico Materialista Relata A Colônia Espiritual e o Umbral!
https://youtu.be/vit7jEHNyC8

28-Divaldo Franco - Médico Ateu Que Viu Seu Guia Espiritual E Teve Um Choque! SEMINÁRIO Pt.2
https://youtu.be/MNa4lMzmRnE

29-Entrevista Completa - Divaldo Franco no Jô - 02/09/2016
https://youtu.be/6w-XtpCUQV8

30-Divaldo Franco - Vida De Chico Xavier e Casos ENGRAÇADOS De Divaldo!
https://youtu.be/-gQn16WGwzo

31-Divaldo Franco - Céu e Inferno, Justiça Divina, Ciência E Espiritismo!
https://youtu.be/MJFO1mVfPp4


32-Divaldo Franco - Medo De Amar e Ser Traído, Jogo De Fazer e Receber!
https://youtu.be/K0vDD8CT8_U


33-Divaldo Franco - As Pessoas Se Apaixonam Pela Aparência e Não Pelo Conteúdo! Outros Assuntos!
https://youtu.be/bHkTZyG4918

34-DIVALDO FRANCO NA IRLANDA
https://youtu.be/Dx4UGa_5CoE

35-TODA HISTÓRIA TEM UM COMEÇO. - DIVALDO FRANCO
https://youtu.be/CgdI5uqavzs

36-Palestra - Metas da Vida - Divaldo Franco
https://youtu.be/ZuL5L68LTzc

37-Palestra - Transtorno de Afetividade, Pessoas Corajosas, Sucesso... - Divaldo Franco
https://youtu.be/gxpLfh3bVLk

38-Palestra - Conceito da gratidão, saúde, mágoa, auto destruição, milagres, Intuição - Divaldo Franco
https://youtu.be/HhDzrlbpN2E

39-Divaldo Franco - O Poder Da Oração!
https://youtu.be/b-KqLnUv0Rs

40Palestra - Momentos Na Vida Que Somos Surpreendidos! - Divaldo Franco
https://youtu.be/Lo1__FNgIn8

41-Palestra - A mudança em nossos planos reencarnátorios - Divaldo Franco
https://youtu.be/HMDDtHOerR4

42-Palestra - Metas da Vida - Divaldo Franco
https://youtu.be/ZuL5L68LTzc

43-Palestra - Aprenda a se amar sem egoismo - Divaldo Franco
https://youtu.be/niUmiUe9enM

44-Em busca de paz e equilíbrio - Divaldo Pereira Franco -
https://youtu.be/sf_Bvx-ZHjg

45-Divaldo Franco Como Se Libertar Da Tristeza, Melancolia e Como Superar A Perda De Entes Queridos?
https://youtu.be/F3zQWUXLENc

46-Divaldo Franco - Entrevista no Programa Mais Você
https://youtu.be/xpSkrWHsn-k

47-Divaldo Franco - Como Se Libertar De Doenças E Ter Saúde !
https://youtu.be/XhfBfOKAY_4

48-Divaldo Franco: Quem é Você?
https://youtu.be/-Av_7eN9sn4

49-Em Busca da Felicidade
https://youtu.be/Oal1-K5D720

50-Divaldo Franco - Perguntas Gerais - Parte 1
https://youtu.be/R5QlJMzwARE

51-Divaldo Franco - Mal Olhado e Feitiçaria
https://youtu.be/mmuasoLPzjQ












Rádio Bom Espírito

Rádio Bom Espírito
24 horas por dia uma programação exclusivamente espírita para todos vocês.

Inscreva-se e receba nossas postagens em seu email.

Total de visualizações de página

Seja

Seja Bem Vindo!




"Para mim, as diferentes religiões são lindas flores, provenientes do mesmo jardim.

Ou são ramos da mesma árvore majestosa.

Portanto, são todas verdadeiras."


Mahatma Gandhi


Muita paz, muita luz a todos!

Grandes médiuns e espíritas no mundo

Grandes médiuns e espíritas no mundo
Great Spiritualists and Friends

MOMENTO ESPÍRITA - TEXTOS

Uma Grande Família



“Somos uma grande família dispersa em diversos setores de trabalho com o Espiritismo por nossa bênção de luz. Hoje cada qual de nós permanece em linha particular de luta, mas amanhã estaremos todos novamente reunidos na Vida Real, apresentando, cada qual de nós, a soma dos esforços que levou a efeito para nos desincumbirmos dos sagrados deveres com que fomos agraciados, não é mesmo?”

Chico Xavier – Trecho de carta a D. Neném Aluotto (ex-presidente da União Espírita Mineira) – 08/03/1959.

Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita

Áudio Livro - O Livro dos Espíritos